| Sobre a Empresa Júnior |

No ano de 2000, os alunos do curso de Engenharia Química da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) idealizaram uma empresa tutorada por professores para realizar cursos, eventos e principalmente desenvolver projetos para outras entidades. Em 2001, esse projeto deixou o papel e foi formada a ENETEQ (Engenharia e Tecnologia em Engenharia Química).

Inicialmente, o pouco apoio recebido foi um obstáculo ao estabelecimento da empresa no mercado, assim como a falta de caráter empreendedor por parte dos integrantes, de uma locação e de capital, que impedia a legalização da empresa.

Com o passar do tempo e a aquisição de alguma experiência, foi surgindo o empreendedorismo nos integrantes e a antiga ENETEQ, agora EQ-Jr (Engenharia Química Júnior), foi crescendo junto às pesquisas do Departamento de Engenharia Química da UFSCar. Juntamente com o ingresso de novos membros, a empresa conseguiu se estabelecer, o que mostrou o seu reconhecimento nas esferas universitárias e no mercado de trabalho. A empresa hoje oferece serviços de consultoria e projetos de Engenharia Química com qualidade.

 

| O Engenheiro Químico e a Engenharia Química |

 

Ser engenheiro atualmente é saber aplicar conhecimentos técnicos e científicos para elaborar e construir projetos sempre considerando todo o contexto em que seu trabalho se insere.

A Engenharia Química surgiu como uma mistura da engenharia mecânica com a química industrial. A indústria química surgiu por volta do século XVIII com o advento da Revolução Industrial. No século XIX essa atividade experimentou um forte crescimento, época em que as fábricas e os processos eram montados por uma equipe de engenheiros mecânicos, civis e elétricos juntamente com os químicos. Após um tempo, no entanto, viu-se a necessidade de que houvesse um profissional com habilidade de projetar instrumentos específicos para a indústria química.

Segundo essa necessidade, o britânico George Davis foi o primeiro a identificar e nomear profissão de Engenharia Química em 1880. No entanto, a idéia foi oficializada somente em 1888 pela proposta de Lewis Norton para a formação estruturada em Engenharia Química no “Massachussets Institute of Technology – MIT”. Portanto a Engenharia Química nasceu na Inglaterra, mas se desenvolveu nos EUA.


Segundo diversas organizações internacionais de Engenharia Química, como o “American Institute of Chemical Engineers – AIChE ”, a definição dessa profissão é: “A Engenharia Química dedica-se à concepção, desenvolvimento, dimensionamento, melhoramento e aplicação dos processos e dos seus produtos. Neste âmbito inclui-se a análise econômica, dimensionamento, construção, operação, controle e gestão das unidades industriais que concretizam esses processos, assim como a investigação e formação nesses domínios”.

O Engenheiro Químico é também conhecido por ter uma formação de ampla atuação no mercado de trabalho. Hoje permite aplicar seus conhecimentos em transformações químicas, biológicas e físicas de matéria ou energia.

Como praticamente toda indústria atualmente possui processos de transformação química, transporte de fluidos ou tratamento de resíduos, o engenheiro químico se orgulha por saber que pode se encontrar em qualquer uma delas e ainda ajudá-la de forma crucial.

 

| O Curso na UFSCar |

O curso de Engenharia Química da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) foi criado em 30 de abril de 1976, na 59ª Reunião do Conselho Federal de Curadores da Fundação Universidade Federal de São Carlos. Em 1982 teve início o Programa de Pós-Graduação em Engenharia química (PPG/EQ) da UFSCar, a nível de Mestrado. Em 1989 foi implantado o curso de Doutorado em EQ.

O Curso tem evoluído rapidamente, sendo apontado hoje como uns dos melhores do país. É avaliado sistematicamente através de processos de avaliação do Ministério da Educação (MEC) implementados e coordenados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP). O curso passou por duas avaliações em 2005 e 2008 nas quais obteve o conceito A. Os resultados das avaliações encontram-se disponíveis para consulta aqui.

Desde 2005 o curso de Engenharia Química da UFSCar é classificado como curso cinco estrelas pelo Guia do Estudante. Essa posição privilegiada tem sido o resultado da alta qualificação do Corpo Docente do Departamento de Engenharia Química e da existência de uma completa infra-estrutura laboratorial, a qual tem permitido o oferecimento de ensino de qualidade.